Atenção plena, Autoconhecimento, Evolução, Gratidão, Poder Pessoal, Reforma Íntima

Detalhes que você deixa passar.

O texto abaixo foi escrito por mim há 1 ano atrás, mas essa experiência valeu tanto à pena que eu resolvi trazer pra cá:

“Essa noite tive um sonho ruim que me fez pensar sobre alguns detalhes que deixamos passar. Ficamos afogados em meio a tantas obrigações cotidianas, a tantas dores, a tantos prazos e compromissos que mal cabe na nossa rotina pensar sobre pequenas coisas que estão a nossa volta e que deixamos de perceber… Continue lendo “Detalhes que você deixa passar.”

Espiritualidade, Luto, Saudade, Superação Emocional

PARTIDAS E CHEGADAS

Dói demais perder quem amamos.
A sensação de impotência diante da vida é tão grande que acontece de chegarmos a questionar O inquestionável.
Infelizmente, nesse período de dor, é difícil enxergar com clareza que o ciclo continua, que existe um outro lado, que a despedida dói, mas é necessária e que a vida continua.

A saudade aperta e fica aquele vazio, aquele sentimento de cobrança e pesar por ter deixado de fazer tantas coisas ao lado daquela pessoa especial.
A verdade é que sempre ficará faltando algo, uma palavra, um gesto, uma atitude…
Por isso, o luto é importante. Pois é o tempo que precisamos para chorar, deixar doer, sentir e refletir.
Esse tempo precisa acontecer e…acabar.  MOTIVO?

Vamos lá:

À princípio, a dor nos remete a uma fragilidade diante da vida.
Na sequência, quando vemos que não há outro jeito e decidimos aprender a lidar com a perda, vem a compreensão do quanto é necessário evoluir e crescer tanto no campo físico quanto espiritual. E é nessa hora que temos a oportunidade de obter clareza a respeito da nossa missão, de como podemos fazer a diferença e sermos úteis.
Valorizar quem amamos (quem ficou) e quem está por vir é o maior sinal de aprendizado e uma  forma maravilhossa de demonstrar respeito e gratidão pelo privilégio de ter vivido ao lado de quem já partiu.
Daí a importância de permitir que aquela dor constante e avassaladora, ceda espaço para o recomeço. Seguir em frente, tocar o barco e continuar a caminhada.
Isso ajudará muito na evolução do seu ente querido, pois este precisa sentir que você está aceitando a paz.

A maior prova de amor que se pode dar a alguém que partiu e que cumpriu sua missão é erguer a cabeça e se permitir viver, apesar do pesar.
Sim, a vida é uma DÁDIVA que MERECE ser aproveitada.

Lembre-se: “Saudade é o amor que fica”.
Por isso, preste atenção:

A morte não é o fim de nada. Muito pelo contrário, é o começo de algo novo!
Os que se vão dessa vida precisam receber boas vibrações para evoluir de forma suave e feliz! Acreditar que eles estão sendo amparados do outro lado é fundamental para que tanto a nossa caminhada quanto a deles aconteça e flua bem.

Entenda que assim como os que nascem chegam trazendo alegria, os que se vão serão recebidos com muito amor por aqueles que já partiram em outros tempos.
É a fluência da vida…são chegadas e partidas.

Com amor,

Dai

Teste separador esverdeado

O texto abaixo me foi dado no dia que o Xande morreu (leia AQUI como foi). Assim que recebi e li, não consegui absorver a profundidade de tais palavras. 
Meses depois, encontrei-o jogado dentro de uma gaveta. 
Foi em um dia em que eu chorava muito e buscava consolo e compreensão. Não me lembro o motivo que me levou a abrir a tal gaveta, o que me não esqueço foi o quanto essa leitura me ajudou e desde então ela passou a fazer parte do meu Recomeçar. 

PARTIDAS E CHEGADAS

 

Luto, Saudade, Superação Emocional

Você quer que passe?

Estava eu hoje lendo alguns comentários de um grupo que participo sobre Luto e Perdas. Aí o desabafo de uma mãe enlutada me chamou atenção.
No enterro do seu filho, várias pessoas na tentativa de consolá-la, diziam: “Vai passar”. Essa mulher estava imersa na dor, desolada, enfurecida com Deus e ainda tinha que lidar com o incômodo que sentia em ouvir essas duas palavrinhas que normalmente são ditas com a intenção de consolar, mas que geram no enlutado um sentimento de  repúdio e descrença.
Sabe por quê?
Porque NINGUÉM quer que passe. Essa possibilidade é totalmente descartada, pois quando perdemos alguém que é insubstituível a única vontade que nos permitimos sentir é a de desistir de tudo, porque dói demais imaginar a vida sem alguém tão essencial.

A grande maioria das pessoas não está preparada para lidar com a finitude humana de alguém que ama incondicionalmente. É praticamente nula qualquer chance de se imaginar vivendo sem a possibilidade de ter acesso àquela pessoa.

Portanto – no fundo – não desejamos que passe, porque dentro de nós fica o sentimento de que se passar é realmente o fim. E é por isso que muitas vezes nos vemos prisioneiros da dor e da tristeza constante, o que explica o porquê de muitas pessoas carregarem por anos – ou até por toda a vida – um luto infinito. Justamente por, inconscientemente, acharem que assim sua fidelidade ao amor pela pessoa que partiu se manterá intacta.

Faz sentido?

Agora é válido esclarecer que quando as pessoas que nos querem bem, na tentativa de nos confortarem, dizem que “Vai Passar”, na verdade elas querem dizer “Você vai superar, vai conseguir administrar essa loucura toda e vai tocar a sua vida, apesar do pesar”. É exatamente isso que no fundo elas querem dizer.

Receba esse “Vai Passar” dessa forma.

Afinal de contas, a vida continua. Existe a família, existem os filhos, os amigos, o trabalho, as contas à pagar, as responsabilidades, os problemas, os cuidados com a saúde e por aí vai…

Se reinventar é preciso e recomeçar faz parte.

Que fique claro que a melhor forma de honrar a memória da pessoa que partiu é vivendo. É buscando, na medida do possível, formas de se adaptar a nova realidade para que seu ente querido sinta, através da energia que emana de você, que a sua ferida está latejando menos e que o seu coração está encontrando o sossego.
Pense no bem que você está gerando para essa pessoa que hoje vive em espírito e que precisa de tranquilidade e paz. Eis a melhor forma de preservar o amor e se reconciliar com a harmonia.

Se isso fizer sentido pra você, te ofereço a leitura de um material que preparei e que eu utilizei em mim no período da superação do meu luto.  CLIQUE AQUI PARA BAIXAR.

Com todo meu carinho,

Dai

A  saudade sempre existirá, até porque, saudade é a memória do coração. 

Auto responsabilidade, Autoconhecimento, Evolução, Poder Pessoal

Você define a média

Na última sexta feira fui buscar a Sofia na escola e perguntei como foi a prova. Ela disse a nota e comentou que não foi tão bem quanto esperava. Percebi que faltou um empenho maior para essa prova e expus isso pra ela.

– Mas, mãe, foi a mesma coisa com todos. A média da turma foi SEIS nessa prova.
– Sofia, vou aproveitar que estamos falando sobre notas e quero que você entenda que isso também funciona pra vida, ok? Acredite que você sempre terá o poder de elevar a média, seja ela qual for. Falando da sua escola, se a média da turma foi essa nota (seis), isso quer dizer que você contribuiu com esse número. Percebe? A média poderia ter sido SETE ou OITO, por exemplo.

Dali se iniciou um papo longo sobre Continue lendo “Você define a média”

Autoconhecimento, Evolução, Poder Pessoal, Reforma Íntima

Você é o ponto de partida

Estava ontem pela manhã no salão de beleza e o assunto foi o ataque racista feito por uma tal socialite contra a filhinha de dois atores de televisão.
Em meio a toda a conversa que estava rolando em torno desse assunto, me atentei para o que uma pessoa próxima a mim conversava. Ela dizia: Continue lendo “Você é o ponto de partida”

Evolução, Superação Emocional

As voltas que a vida dá

Vira e mexe me pego pensando no quanto tenho a agradecer.
Isso acontece com você? Comigo é algo tão comum.

Quando faço uma retrospectiva dos caminhos que trilhei visualizo cada situação de forma bem detalhada. É como se eu vivesse tudo de novo como se fosse um filme comigo ocupando o posto de telespectadora.  Continue lendo “As voltas que a vida dá”